Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Ouvidoria do MPTO encerra o ano com o recebimento de 4.294 manifestações e com a criação de novos canais de comunicação

Atualizado em 27/12/2021 13:22

A Ouvidoria do Ministério Público do Tocantins (MPTO) recebeu, durante o ano de 2021, mais de 4.500 manifestações, entre reclamações, sugestões, pedidos de informação, críticas, elogios e representações. O número é 30% maior em relação ao ano de 2020.


Os assuntos mais presentes foram relacionados a práticas ilícitas na administração pública, com 1.609 recebimentos, seguidos aos da área da saúde, com 1.113.


Na maioria dos contatos, o cidadão preferiu não se identificar e manter o anonimato, modalidade que representou 55% dos atendimentos.


O site ainda é o canal mais utilizado, responsável por receber quase 75% das representações. As demais foram realizadas por meio do whatsapp, e-mail, telefone ou presencialmente.


O ouvidor-geral do MPTO, procurador de Justiça Marcos Luciano Bignotti, ressalta que uma grande conquista para a Ouvidoria, neste ano, foi a disponibilização de um canal para recebimento de manifestações pelo aplicativo de mensagens instantâneas “whatsapp”, o que facilitou o acesso do cidadão à instituição.


Outra novidade foi a instituição da Ouvidoria da Mulher, núcleo destinado ao atendimento especializado das mulheres vítimas de violência. Neste local, a mulher é atendida por servidora do sexo feminino, garantindo a preservação de sua intimidade e privacidade.


Canais

- Site: https://mpto.mp.br/ouvidoria/

- Telefones: (63) 3216-7598; (63) 3216-7575; (63) 3216-8852 e o 127 (ligação gratuita);

- E-mail: ouvidoria@mpto.mp.br

- Whatsapp: (63) 99100-2720;

- Correios (envio de correspondência) ou presencial: Quadra 202 Norte, Avenida. LO 4, Conjunto. 1, Lotes 5 e 6, Plano Diretor Norte. Cep 77.006-218 – Palmas-TO.