Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal, atalho ctrl shift 1. Acessar formulário de pesquisa, atalho ctrl shift 2. Acessar menu, atalho ctrl shift 3. Acessar mapa do site, atalho ctrl shift 4. Para voltar ao menu de acessibilidade tecle ctrl shift 0.
Acessibilidade Alto contraste
+
Tamanho de texto

Ctrl/Cmd + para aumentar

Ctrl/Cmd - para diminuir

Ctrl/cmd 0 para voltar ao padrão

Ministério Público do Estado do Tocantins

Páginas

5ª Reunião Ordinária

A 5ª Reunião ordinária, ocorreu na sede do Ministério Público Federal, no dia 19 de junho de 2017, com a seguinte pauta: 1- aprovação da ata da 4ª Reunião Ordinária do Fórum; 2- preparativos para o I Encontro Estadual do Fórum Tocantinense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos; 3- divulgação do manual de identificação visual do Fórum Tocantinense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos; 4- apresentação sobre o uso de agrotóxicos na cultura de soja em áreas proibidas pelo zoneamento na Área de Proteção Ambiental (APA) Ilha do Bananal/Cantão pelo mestrando em Agroenergia da UFT e inspetor de recursos hídricos do Naturatins, Deny César Moreira; 5- apresentação do Professor Doutor Emerson Adriano Guarda, sobre a capacidade do Laboratório de Pesquisa em Química Ambiental e de Biocombustíveis realizar análises de agrotóxicos; 6-outros assuntos; 7- encerramento.

Na discussão sobre o I Encontro do Fórum, foi informado que todos os palestrantes convidados confirmaram a participação. Passagem, hospedagem e deslocamento na cidade de Palmas de todos eles foram providenciados com ajuda de parceiros como Adapec, Ministério Público Federal, Secretaria da Saúde, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público do Tocantins. A Associação Nativa de produtores rurais ficou responsável pelo fornecimento de lanche no evento. Além disso, foi esclarecida a função dos moderadores nas palestras e painéis temáticos, informando quem ficou responsável pelas sessões e quais suas atribuições. A agenda do evento foi detalhada, contendo a ordem das apresentações, o horário à qual estão previstas e quem será o moderador. Além disso, foram expostos e aprovados os painéis produzidos, a logomarca e o banner do Fórum.

Deu-se prosseguimento a reunião com a apresentação da dissertação do mestrando em Agroenergia da UFT, Deny César Moreira, inspetor de recursos hídricos do Naturatins. Em seguida, o Professor Doutor Emerson Adriano Guarda, da UFT, apresentou o Laboratório de Pesquisa em Química Ambiental e de Biocombustíveis e sua capacidade de análise de agrotóxicos.

Publicado em